Palestra no CESEC - Nova Pampulha



A manhã do último sábado de setembro foi muito especial. Tive a alegria de conversar com os alunos do CESEC – Nova Pampulha - na divisa de Belo Horizonte com Ribeirão das Neves.

Na ocasião contei um pouco da minha trajetória de leituras, do projeto “Livros em todo lugar”; de como vamos seguindo: de farelo em farelo, transformando-se em um tal “Robin Hood da Quebrada”.

Rolou leitura de poemas do mestre Vinicius de Moraes, da ilustre Cora Coralina, do grande Sérgio Vaz. Rolou entrega de livros (presentes) do Jorge Amado, do talentoso Bartolomeu Campos de Queirós. Obras infantis de Angela Lago e Libério Neves.
“A leitura é a endorfina do cérebro!” Essa foi uma das frases mais impactantes que ouvi do senhor, que voltou a estudar recentemente. Ele falou da importância da leitura com os olhos brilhando, isso porque passou a dar moral pra esse ato, recentemente. O moço falou de uma prova, discorreu sobre “Mito da Caverna”  e para deixar a gente mais envolvido, falou que “a leitura vai deixando a gente mais seletivo, consciente”.

Um jovem na casa dos 20 anos, portando a obra “Mais com mais dá menos”, do Bartolomeu Campos de Queirós, pediu a palavra:

– Farelo, eu sou tímido, num sou de falar em público, tá ligado? Mas tenho que dar os parabéns pela sua atitude, mano. Que Deus abençoe aí seu trampo.

Em momentos assim – diante de um brother negro, trabalhador, morador da quebrada, que passa por n dificuldades como milhões de brasileiros – tenho a certeza de que estamos na rota do Robin Hood. Não tenho vergonha de confessar: fiquei emocionado.

Com as palestras, bate-papos, cresce a vontade de batalhar mais e mais livros, a vontade de percorrer mais e mais escolas públicas, levando esse nosso prazer, nosso encantamento pela literatura.  

Aproveito para agradecer a assessora Lilian, supervisora Aline, ao professor Claudio e demais colegas. Muito obrigado pelo convite!
Dia especial! Escolhi essa data também para a estreia da camiseta oficial “Livros em todo lugar”.

Com a venda dessas camisetas, vamos ampliar algumas ações do projeto. Quem quiser vestir essa ideia, comprando nossa camisa, basta escrever nos comentários EU QUERO! Logo, logo, sairá o primeiro lote.   

... farelos por aí ...

+