3. Tempo para leitura?



Olá! Neste segundo post da série Conversa sobre leituras quero discorrer um pouco sobre aquelas pessoas que “leem de tudo” um pouco; seja por questões profissionais, seja por falta ou excesso de tempo; seja porque foi a melhor maneira que encontrou de ler diferentes gêneros ao mesmo tempo.

Isso é possível?

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que esse perfil de leitor é um pouco insurgente, rebelde, mas ao mesmo tempo disciplinado, se comparado ao post da última semana. Ao contrário do que se pensa, é cada vez maior o número de pessoas que estão deixando de assistir à tv, séries e enlatados de um modo geral, isso representa mais tempo para se dedicar à leitura.  
    
Na outra ponta da linha, enfrentamos um quadro complexo. A internet (em navegações descontroladas no templo do deleite máximo) suga muito de nossas energias. Os aparelhos celulares e sua facilidade de se conectar, via redes sociais, também consomem muito nosso tempo.  Você não acha? 

Opa! Espere aí, não estou querendo, com esta conversa, diabolizar os inúmeros recursos da internet. Não é isso. Graças à internet, você está lendo este post no seu celular, tablet ou computador, certo?   

A questão é outra e muita mais complexa: como encontrar mais tempo para ler, no meio de tantos compromissos, tarefas e atrações?

De modo simplista, eu diria para reduzir seu tempo diante das redes sociais, uma vez que elas mais atrapalham do que ajudam. Só que não é tão simples assim. Conheço pessoas muito engajadas nas redes sociais, isto é, com forte presença por lá, e que são ávidas leitoras. Nesse sentido, como proceder?

O assunto merece muitas discussões (já pensou a gente tratando essa questão em uma roda de conversa?), mas como o tempo é curto, vou falar um pouco da minha experiência como leitor (in)disciplinado. Só que isso será no post da próxima semana. Até lá, gostaria que você pensasse o seguinte: como dedicar mais tempo para leitura?


Crédito da imagem: <http://ministrodoinvestimento.blogspot.com.br>
+