Falo sério

Não, mano. Eu não escrevo só por prazer. Pelo contrário, escrevo para não sair na porrada, "escrevo para me vingar". Tem hora que as pessoas dizem palavras que nos ferem mais do que lança. O que fazer? Eu escrevo. Não é à toa que vou abrir uma nova temporada de crônicas aqui no blog. 
+