Lance de dados (R)

A rua é um rio de ruídos no tecido roído das horas. Agora. O seu silêncio é um grito! Glória na história de quem vira a página, sopra uma lágrima.

Crônica: seus encantos, ruídos, sua conversa fiada, tensa em seus contos de pico na veia; a complexidade dos romances; a eterna poesia dos seus lances.

Quebrar a esquina é virar apenas uma página. A rua é o nosso rio de literaturas.




+