Alice no País das Maravilhas - Parque Ecológico de Contagem

Dezenas de versos inéditos estavam pairando nas minhas certezas. Uma loucura aquilo lá, gente! “Tempo. Memória. Poesia”. Quando for ao Memorial Carlos Drummond de Andrade, você encontrará essas palavras e muitas imagens – no verbo, do verbo e além do verbo.

Não poderia continuar com as divagações. Hora de partir para o Parque Ecológico de Contagem, localizado no bairro Eldorado. As atividades do produtor cultural me chamavam: borá lá?


Chegamos antes das 09h ao parque. Uma parte do Grupo Cena providenciou vassouras, par, sacos de lixo e limpou o espaço do teatro de arena rapidamente. É assim que procedemos tanto nas apresentações teatrais quanto nas doações de livros.

Na sequência: o lanche comunitário, o figurino e a maquiagem. Ah, a maquiagem, os nossos artistas foram se aproximando, se aproximando cada vez de suas personagens.

– Pá!


Surgiram Gatos, Cartas, Lagarta, Lebre, Ratinha, Coelho, uma Rainha de Copas, uma adorável menina chamada Alice e o Chapeleiro Maluco (todos malucos). Com todos esses personagens, a diretora Leandra Pacífico soltou a música e, aos poucos, a plateia foi enchendo, enchendo de gente, de crianças, jovens, adultos e mais crianças chegando ... Pronto: O País das Maravilhas estava sendo encenado no Parque Ecológico de Contagem.  



Fotografia: Ellen Rosa
+