III Colóquio de Filosofia e Literatura


O evento foi aberto com música bem no estilo acústico voz e violão, com o talento dos alunos Samuel Monducci(1.ºTG) e Bárbara Abreu (TM). Em seguida, o professor José Carlos abordou o conceito de “ética da alteridade”, proposto pelo filósofo Emanuel Lévinas. Depois falei brevemente da importância de Clarice Lipector para a literatura brasileira. 


O terceiro e mais aguardado momento foi iluminado com as mais importantes reflexões e indagações das professoras Virgínia, Margareth e Glória, o olhar filosófico e intertextual do professor de Luís Hernandes. Aproveito para agradecer mais uma vez: Muito obrigado, companheiros!!! Foi sensacional!!!

M A S querem saber quais foram os protagonistas do colóquio? OS ALUNOS. Isso mesmo. Eles deram o show. Como?  Difícil descrever tantas alegrias em poucas linhas, mas vou tentar: o efeito catártico da galera do 3.º Ano? a abordagem literária dos alunos do 2.º, a ousadia e a inquietação dos brothers do 1.º. Gente, como não se emocionar com os versos da aluna Ana Isabel Vaz, do 1.º TA?

Caro Zeca, querida Virgínia, os alunos querem mais...querem mais uma edição ainda em 2017. O que acham? 

+