Um amor para viver


*Lourival Robty.
Queira-me Deus um amor para eu me agarrar
Para me segurar quando tudo for embora
Um bem maior de carne e osso
Tão pecador quanto eu
Tão humano quanto o melhor de mim
Alguém que me olhe e me queira sem finitudes

Dá-me Deus um amor que me leve ao mais próximo possível da felicidade
Alguém que me leve ao abstrato de tudo que sinto, da alegria, da tristeza, da insanidade, dessa vontade de sair loucamente aos cantos. Ser louco pelo amor.

Afasta-me Deus da morte de viver
Do silêncio do recém-nascido
Da falta de coragem da mocinha
Dos acertos dos homens adultos
Da mulher sem hormônios
Da fé que tudo vê


*Lourival Robty é poeta, um universitário apaixonado pelas surpresas da linguagem artística. 

A imagem deste post está disponível em: <http://files.cacef.webnode.com.br

+