Diante do seu olhar

*Anna Clara B.
Uma das coisas que eu admirava em você eram seus olhos. Castanhos, mas profundos, com um ar misterioso que eu sempre tive vontade de descobrir… Porém, depois do desastre, jurei para mim mesma que não era tão bom ficar curiosa.
Nem tudo que achamos bonito é realmente o que esperamos. Só consigo me lembrar do seu olhar se acinzentando, enquanto destruía e arrancava meu único segredo não revelado. Só consigo lembrar do seu olhar furioso, com fome de vingança. Só consigo lembrar do seu olhar despreocupado, achando que mesmo depois de tudo eu te perdoaria. Só consigo lembrar isso…

As boas lembranças de antes? A amizade? Tornaram-se insignificantes depois do desastre que você provocou em mim. Um golpe penetrante, que perfurou o meu corpo e também minha alma.

Depois daquele dia, aquele dia, soube que nunca seria a mesma de antes. Rios lindos e límpidos se transformaram em lagos de sangue. Desespero e angústia tomaram minha vida…

Por que não fui capaz de destruir sua vida como você fez comigo? Por que apenas deixei você ir embora para bem longe e achar que apenas o peso nas suas costas lhe fariam tentar mudar?


Por que?
* Anna Clara é estudante do Ensino Médio e gosta de ajudar o próximo. 
A imagem deste post está disponível em: engelylonely.blogspot.com

+