A vida desmonta casas



– Levaram tudo?
– Não. Pobre não tem nada. Deveriam ter levado todo mundo naquele carro. Depois de aprontar todas, depois que o veneno da vingança passasse, eles bem que poderiam pagar um prato de sopa quente.
Elisa ficaria feliz com salgadinho desses que não cheiram bem. Kelvin ia se amarrar no sanduba da televisão. 
Jana, minha filha, não chore mais. Eles foram embora, amanhã vamos catar mais papelão e começar tudo de novo. Enxugue essas lágrimas, limpe a face dos seus irmãos, mas deixe as cinzas. Só as cinzas. A polícia tem que ver que queimaram nossa casa mais uma vez. 

Sabe, minha Jana, o seu irmãozinho não vai querer nascer neste mundo, assim nos restos, não é mesmo?


+