Rolou uma PT na festa


Ando meio preocupado com o avanço das expressões que correm na prosa da rapaziada. “Tô numa bad”. É isso aí! Não. Eu não estou numa “bad”. Estar numa “bad”, segundo os brothers, é ter o mundo conspirando contra você. Ou em alguns casos, estar pra baixo, a gente vai acumulando derrotas, fracassos, entende? Se a sua resposta for negativa, correrá o risco de ficar “alone” no meio da garotada.

Minha preocupação aumentou mesmo quando ouvi um grupo comentando as festas do último mês. Levei o maior susto, ao ouvir o sujeito dizer que tinha rolado uma PT no baile de 15 anos. Fiquei de cara. Será que algum convidado havia sacado uma arma no meio da festa? O segurança partiu com ignorância pra cima de algum folgado? Mas “pera aí”: ele não pode portar esse tipo de arma. Deixei o grupo desenrolar a conversa, sem me intrometer. Quase não resisti.

Não resisti. Perguntei na lata:

– Como assim, gente, rolou uma PT?

Do nada, eles começaram a rir da minha cara de ultrapassado. Impaciente, perguntei:

– Foi algum sem noção que aproveitou a festa para fazer um discurso favorável ao PT?

Nesse momento, os meninos riram mais da minha viagem. E depois do leve sarcasmo, mandaram a real.

­– “Alfredo, PT é perda total, sacou?

– Sim. Mas o que isso tem a ver com festa? Alguém destruiu o salão e aí a seguradora disse que deu perda total? – só quis saber, uai.

Não, fessor. O lance é outro. É que o Charles encheu a cara. Entornou todas na festa da Ludmila. Nem tinha rolado a valsa. Passou mal e devolveu tudo que tinha comido no banheiro. Teve que tomar banho às pressas. O pessoal saiu vazado com ele. Maior treta!

Põe treta nisso. Depois da explicação, fiquei mais ligado no tal lance. E quis saber mais também:

– E sempre rola PT nas festas?

– O senhor não tem ideia. Tem colega nosso que já ganhou o título de campeão.

– Não. Não precisa dizer o nome de ninguém. Nada de acusações.

Esses meninos... Coitada da aniversariante. Os familiares dela devem ter ficado na maior “bad”, diante dos outros convidados.

Cuidado, seus PTs! Tá rolando uma lei aí entre os pais que é a seguinte: “deu pala? Tá na rua!” Tu vai ficar vacilando aí, meu irmão?



+