Mais do que na hora


Olá! Sim. Andei sumido mesmo. E alguns leitores me questionaram o porquê do desaparecimento. Bem, tornei-me papai novamente. Isso mesmo. Sou um dos pais mais frescos do ano. Clarice veio ao mundo no último fim de semana e de lá pra cá, meu amigo, minha amiga, nossa rotina virou de ponta à cabeça. Muitas emoções.

A fábrica de babadores vai faturar muito em cima deste que vos escreve. Eis a verdade; mas por outro lado, estamos rebolando para cumprir com as outras obrigações (que não são poucas). E hoje escrevo para protestar. Assim como eu, muitos outros pais devem ter questionado a tal da "Licença Paternidade". Refiro-me aos míseros 05 (cinco) dias corridos que a CLT disponibiliza aos pais. Uma vergonha. Gente, com tanta novidade que uma criança oferece, mal mal dá pra registrar o filho. Vocês não acham? 

No meu caso, estou retornando ao trabalho hoje, mas nesse corre-corre não tivemos tempo de fazer o "Teste do Pezinho", de levar a pequena para tomar algumas vacinas e ainda não fomos ao pediatra. É moleza?

Licença para o casório: 09 dias. Licença paternidade: 05 dias. Será que sou o único a discutir isso?
+