Lições quase invisíveis


 A tia preocupada com o sol que queimava o caderno de alguns colegas falou:
Francisco, feche a porta, por favor.
O garoto saiu da sua carteira e fez o que a tia pediu,  mas não percebeu que havia batido a porta na cara da servente que varria o corredor.  
No mesmo momento, a professora veio e questionou:
Francisco,  você viu o que fez?
Vi não, tia.
Não é assim que se faz.
E o que eu fiz? Não fiz nada.
Ela não respondeu, nem discutiu, apenas abriu a porta, olhou bem para a zeladora e falou:
Com licença, dona Ninita!
A servente soltou um lindo sorriso e continuou suas obrigações.  

           E naquela manhã aprendemos que gentileza e educação fazem toda diferença. 

Foto de Steve Mc Curry. Série Peru
Disponível em: <http://stevemccurry.com>
+