O que é um aforismo?

O caderno de prova do 2º dia — Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias — do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) trouxe como resposta um gênero textual que assustou muitos candidatos.

Recordando: o enunciado tinha como texto-base um trecho da obra “Grande sertão: veredas”, de João Guimarães Rosa, transcrito abaixo:
 
O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.

O comando exigia que o estudante aproximasse esse trecho de um dos gêneros indicados como alternativas, no caso, diário, fábula, notícia, aforismo ou crônica.

Muitos candidatos deixaram de acertar essa questão por desconhecimento do gênero denominado aforismo. Segundo o Dicionário Houaiss, trata-se de um “texto curto e sucinto, fundamento de um estilo fragmentário e assistemático na escrita filosófica; está geralmente relacionado a uma reflexão de natureza prática.” Aforismo é uma máxima ou sentença que, em poucas palavras, explicita regra ou princípio de alcance moral. Em alguns casos, pode ser lido como um ditado.

Ainda sobre a questão do ENEM, alguns alunos questionaram: “mas há muitos escritores na atualidade que produzem aforismos?” “Por que esse gênero é tão pouco divulgado?”

No próximo post, vou lhe apresentar um livro artístico-literário composto somente de aforismos. Enquanto isso, dê uma pesquisada por aí

Um forte abraço

Farelo
+