Vá caçar seu rumo...

Eu não sabia que vadia é uma palavra tão violenta, atraente e curiosa. Muitas pessoas pensaram que o post de ontem fosse alguma espécie de barraco, a julgar pelo título. Enganaram-se. Cena verídica da nossa quebrada.  
O texto de ontem rendeu algumas discussões. Tanto que ganhou a continuação. Pois bem, hoje eu quase apanhei da professora Leandro Pacífico. Por quê? Invadi o ensaio dos meninos e ainda por cima roubei a cena. É que doei para as “barraqueiras” de ontem um pouco da nossa boa poesia: Cora Coralina, Cecília Meireles e Manuel Bandeira.


Espalhar livros de poesia é uma ação que só me traz a alegria. 
+