Um dia de sebista, livreiro

Por falta de espaço, não recebemos doações de livros didáticos nem enciclopédias. Só que um doador não sabia dessa nossa restrição e fez uma “verdadeira limpa” em sua biblioteca particular. O resultado? Passamos à tarde, garimpando raridades. Fiquei me sentindo um daqueles livreiros do Edifício Maleta.

Na imagem acima, a famosa enciclopédia “Tesouros da Juventude”. Para os colecionadores e profissionais do ramo de sebos, informo que essa coleção é do ano de 1958. Curiosamente, todos os volumes trazem nas primeiras páginas uma pintura de destaque. Interessou-se por esses volumes?
Há tempos eu não abria uma edição da Barsa. Agora, recebemos as edições de 1982 a 1990. Certamente, você encontrará nessas enciclopédias muito do que se perdeu na era da internet. Você tem vontade de conhecer um pouco que ocorreu no Brasil e no mundo, durante esse período?

Outro destaque da última doação foi a enciclopédia “Mundo da Criança”. Eu nunca havia falado dessa. Pelo pouco que pude conhecer, trata-se de uma coleção ilustrada com fotografias em preto e branco, publicada no Brasil em 1949. Na mesma linha, recebemos também a “Enciclopédia Delta Júnior”, 1964. Você conhece alguns desses títulos?

Para concluir o nosso dia de garimpo, destaco uma raridade para os linguistas de plantão: alguns dicionários de regimes (nominal e verbal) mais um dicionário analógico da língua portuguesa. Detalhe: todos publicados no ano de 1954. Ficou curioso?

Quem tiver interesse em ficar com essas coleções ou souber de algum profissional a quem possa ter utilidade, basta entrar em contato conosco via e-mail: farelodequiat@gmail.com
+