Literatura: nos encontros com a Filosofia

Zeca, voltei muito feliz para minha quebrada. Surpreso com a presença de vários jovens no I Literatura e Encontros.


Para você que está chegando agora, explico melhor: nessa tarde, tivemos o privilégio de discutir, discordar, compartilhar, conhecer e aprender um pouco mais sobre solidão e alteridade, muito presentes nas crônicas de Clarice Lispector.

O que rolou mesmo? O evento foi aberto com a dupla Amanda Marques e Renan Simam, (alunos do 3º ano) tocando e cantando “Dust in the wind”. Na primeira parte, o professor José Carlos Moreira (Zeca) discorreu um pouco sobre a vida e a obra de Emmanuel Lévinas. Na sequência, entrou no conceito denominado “Ética da alteridade”. (Parênteses) Com toda sinceridade, meus caros, eu jamais pude imaginar um filósofo escrevendo de forma tão poética e profunda sobre ética. Ficamos encantados.

Entrei com três narrativas da Clarice Lispector, retiradas da obra “Crônicas para jovens: de amor e amizade”. Após ler tais textos, propusemos a interpretação para os alunos que lá estiveram.... e aos poucos, àquelas mini-narrativas foram provocando uma bela e calorosa discussão, aluno que concorda, que discorda e compartilha e participa e se encanta com a pureza da solidão existencial em todos nós e surgiram leituras com o viés sociológico, com o discurso bíblico e 1h10 voou... Queríamos mais, queremos mais, teremos mais?


Só depende vocês, agora; pois o que precisar da gente....já sabem que podem contar com a Literatura que está sempre disposta a se encontrar com as outras áreas do conhecimento. Aproveito para agradecer aos alunos que participaram do evento, aos seminaristas da Paróquia Dom Bosco, ao diretor do Colégio Santa Maria Floresta e à coordenadora do Ensino Médio. 
+