Encontro com Daura Guimarães

“Era no Maranhão. Não havia luz elétrica na praia. Por questões de segurança, eu e os meus irmãos não podíamos sair na rua. À noite, reunidos em círculo, ouvíamos as histórias que a nossa mãe lia para gente. Livros na íntegra. A partir dessa experiência, posso afirmar que foi minha mãe quem nos levou a gostar de ler.”

Eis a minha tentativa de reproduzir o célebre encontro com a autora do precioso relato acima, a contadora de histórias Daura Guimarães. Ontem, fui à casa dela buscar alguns tesouros para o “Projeto Livros em todo lugar”. Na verdade, ela doou muito mais que livros, pois compartilhou experiências, amor por tudo que fez e faz e muita simpatia.


Contou-me da sua participação no importante projeto de contação de histórias intitulado “Conto Sete em Ponto”, que teve início no Tribunal e Justiça de Minas Gerais, onde trabalhou por muitos anos. Com o tempo, o projeto cresceu bastante e o espaço não pôde suportar mais o grande público. Os organizadores escolhiam um título para a noite, separavam os textos (as histórias) e promoviam o evento que chegou a ter na plateia mais de 300 pessoas. Infelizmente, com a falta de patrocínio e apoio, essa iniciativa não existe mais.

Com a experiência desse projeto, Daura ajudou a promover uma outra iniciativa semelhante, no espaço de uma igreja católica, no bairro Sion, em Belo Horizonte. Esse com o título de “Conto e Encontro”. Os encontros aconteciam na parte da tarde e recebia uma média de 40 pessoas. Um ótimo público, segundo a contadora, considerando o horário evento.

Narrei-lhe um pouco sobre como surgiu a ideia de criação do “Livros em todo lugar”, do Zezim do Salão e, claro, do nome artístico. Que prosa maravilhosa! Conhecer e conviver com os contadores de história têm me feito um bem arretado, viu?

Daura Guimarães, foi um grande prazer conhecê-la. Muito obrigado pelos livros! Segundo seu conselho, agora faço questão de conhecer a sua amiga Rosana Mont’Alverne.

Nota: os títulos que ilustram este post representam parte da doação feita por Daura Guimarães. 
+