As pontas do refrão

O período é o mesmo entre uma copa e outra. A diferença está na crença de um patrocínio FIFA, de um apoio maior, no (des)interesse das grandes emissoras de tvê. Pode crê, meu irmão, não é fácil segurar o rojão, segurar as pontas, as contas e o refrão, mas quando a estrela de um brother brilha lá no palco, a quebrada inteira o aplaude de salto alto. 

No início, na cor da simplicidade, naquele misto de medo e curiosidade; agora, há alunas roubando a cena, surpreendendo os pais de forma serena, é um sopro impactante naquele instante que elas têm no corpo a cena, a imagem da plateia na viagem do fato, impacto para virar de vez ato.  

Eis a nossa alegria de produzir teatro na periferia, oferecer um pouco de arte e magia aos moradores, trabalhadores de sol à chuva, calo à luva... todos cheios de força para enfrentar a labuta, seja na subida da ladeira, seja no ritmo da brincadeira.

Mais arte na quebrada, rapaziada!  
+