Dia das Rainhas

Dia para lá de especial. Todas elas juntas formam o céu, o Paraíso. Moleque levado que fui, ah, dei muito trabalho para minha mãe. Dona Eva, hoje, eu só tenho a lhe agradecer e  desejar um feliz Dia das Mães.
Mas o que vocês não sabem é que  paraíso das mamães eu sou mestre! Como assim? Na verdade, além da mãe biológica, tenho mais duas, deixe-me ver.....três. Tia Isabel que me trouxe do interior e cuidou de minha educação por um ano. Sofreu muito com as minhas traquinagens. 
Mais tarde, entrou em cena a Tia Carmem, que cuidou de mim por três anos (saudades daqueles tempos de leitura compartilhada, ao som da máquina de costura, tecendo as noites de minha adolescência).
A terceira mãe, aquela que respeitou o meu contato com a rua, apoiou-me no universo da pesquisa, orientou-me na dissertação, ela: Ivete Walty. 

Viram só? Farelo é um sujeito com várias mães.

Parabéns a todas, sem esquecer, é claro, da mãe da minha filha e de sua mãe: minha sogra. Pensou que fosse ficar de fora, hein, Dona Carmélia?   
+