Reconhecendo os limites

Há uma hora em que reconhecemos os limites, defeitos e incapacidades.  A culpa não é de ninguém. Não estou com isso dizendo que descrever nossas fraquezas seja uma atitude de fraqueza. Pelo contrário, é um passo para o avanço.


Demorei muito tempo para aceitar que sou um péssimo leitor de bula de remédio.  Não tenho um pingo de paciência  em ler manual de instruções, sobretudo, os de aparelhos eletrônicos. Sou um fiasco na leitura de mapas.

Há muito que aprender com a leitura dos diversos gêneros textuais.  O ENEM manda lembranças.

Imagem disponível em: <photos.demandstudios.com/59/158/fotolia_2246470_XS.jpg> 
+