Ana Cristina César

a última roupa da máquina
esse seu sorriso 
que me consome
ah, a dor
não é fome
é um verso
a espera de nome
Farelo de Quiat

0 Kommentare:

Postar um comentário

+