Abstrato, concreto

Meu amor, o que houve?
O que é que há?
Um verso aqui
Outro do lado de lá
Janela aberta?
Poesia concreta
Farelo de Quiat


0 Kommentare:

Postar um comentário

+