Vida loka, tipo assim

 — Gírias?

Não consigo acompanhá-las. Elas surgem e desaparecem com uma facilidade que, talvez, só a nossa língua permite essas artimanhas.  

Como sabem, tenho um grande fascínio por expressões, sobretudo, da molecada nas redes sociais e na tecla do celular. Aprendi recentemente com dois alunos da Cena o tal do cria. Explico. Eles lá conversando e toda hora saía um: “Cria, Mariam!”
— Como assim?
Eles explicaram: “significa tipo imagine, pense nisso” Parece óbvio, mas tem outras conotações na prosa deles.

Há também um tal de “vida loka”. Diga-se de passagem, trata-se de um elogio, para alguns. viu? Quero me informar melhor, tá ligado?

O grande Sérgio Vaz, numa de suas palestras pelas escolas da rede pública, conta que ao final do evento um aluno pediu:

“— Poeta, deixa uma mensagem pra nós.

Vida loka é quem estuda."

Para meu ilustre seguidor, o que é mesmo vida loka
+