Expressões chatinhas

A primeira vez que ouvi a expressão senso comum foi na faculdade. Pode lhe parecer impossível. Bem, imagino que tenha sido mesmo. Mas não vejo tanto problema no comum do senso, é de todo mundo e serve para muitas áreas: Biologia, História, Física, Química, Geografia e até quem sabe para Literatura. É de parâmetro, no construir do conhecimento científico, na base da desconstrução conceitual.   

Agora, há uma que me incomoda um pouco. Geralmente, utilizada por palestrantes. Eles falam com uma expressividade que dá até vontade de perguntar: "É mesmo"? Outro dia, um amigo veio me propor uma tarefa, 15 segundos de prosa e estava lá a danada: "mas você ter que sair da sua zona de conforto. Apenas ouvi, mas deu vontade de chover no molhado também, mas sem palavras. Não foi possível naquele momento, agora vai:

Meu caro, que conforto é esse que imagina? Isso de fato existe ou é um eufemismo para dizer que sou acomodado? Venha para o diálogo e vamos para as ações. A palavra, como bem sabe, suporta inúmeras faces e estamos na mesma ponte. Falamos a mesma língua. Então, não venha com essa ideia vazia. O que curto mesmo é uma zona de confronto.  

Até daqui...

+